Gil admite prorrogar prazo de debate sobre Ancinav

O ministro da Cultura, Gilberto Gil, admitiu ontem que o governo poderá prorrogar o prazo de debate a respeito do projeto que cria a Agência Nacional do Cinema e do Audiovisual (Ancinav). "Espero que não seja necessário, mas se ainda houver incompreensão básica sobre aspectos do projeto, vamos prorrogar os prazos para discussão pública", afirmou o ministro, após participar das comemorações do Sete de Setembro na Esplanada dos Ministérios. O projeto está sendo analisado há 30 dias e a expectativa inicial é de que as discussões continuem por mais um mês. O ministro avaliou que os debates foram bem encaminhados até agora. "Estamos conversando com todas as áreas das televisões, telecomunicações e produtoras de cinemas sobre o projeto. O Conselho Superior de Cinema tem examinado as modificações propostas pelo governo", afirmou. Na semana passada o governo decidiu recuar no conteúdo do projeto que cria a Ancinav. A minuta que foi entregue aos integrantes do Conselho Superior de Cinema tirou da agência a possibilidade de interferir na atividade e até mesmo na composição das empresas. Também foi retirada da Ancinav as atribuições de planejar e administrar o setor de cinema e audiovisual. Ela apenas poderá regulamentá-lo e fiscalizá-lo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.