George Lucas abandona cinema e investe na TV e na web

O diretor e produtor cinematográfico George Lucas informou que deixará de fazer filmes para o cinema. Segundo o site Variety.com, o criador de "Guerra nas Estrelas" anunciou que de agora em diante investirá em produções da televisão e da internet. "Não queremos fazer filmes. Estamos entrando na televisão. Saímos do ramo de longa-metragem porque é muito caro e muito arriscado", disse o diretor, segundo o site.De acordo com o diretor, gastar US$ 100 milhões com uma produção e mais US$ 100 milhões em divulgação não faz sentido algum. "Com estes US$ 200 milhões posso fazer de 50 a 60 filmes de duas horas. São 120 horas, em vez de duas. No mercado futuro é assim que as coisas serão, pois tudo será pay-per-view ou por download." Por esse motivo, Lucas afirmou que acredita que o segredo para o futuro é a quantidade. "Você tem que ter um site que contenha material o bastante para atrair as pessoas."Lucas disse, ainda, que acredita que os americanos estão deixando de lado o hábito de ir ao cinema. "Não acredito que nada mais será um hábito. Acho que as pessoas irão ser atraídas para certas mídias em seus momentos de lazer e farão isso porque haverá um desejo de fazer isso naquele momento particular. Tudo será uma questão de escolha. Será uma enorme revolução na indústria (do entretenimento)."Isso, porém, não significa que a Lucasfilm mergulhará na distribuição online. "Estamos tentando descobrir exatamente de onde virá o dinheiro (para essa nova empreitada)." Indiana JonesA empresa de George Lucas, no entanto, não abandonará prontamente o cinema. Isso porque a seqüência de "Indiana Jones e a Última Cruzada", "Indiana Jones 4", está sendo produzida.Lucas prometeu a seus fãs que o quarto filme da série de aventura contará com a presença de Harrison Ford como um Indiana bem mais velho. Além disso, assegurou que Sean Connery voltará como o pai de Indiana Jones, embora não tenha dado mais explicações.Star Wars na TVUm dos primeiros frutos da nova empreitada de Lucas é a continuidade de seu épico intergaláctico "Guerra nas Estrelas" não no cinema, mas na televisão.Lucas assegurou que a série televisiva, intitulada "Clone Wars", já está sendo produzida e estará no ar já no próximo ano. Realizada com o uso de computação gráfica em 3-D, a série dará continuidade aos 25 episódios de "Clone Wars", que foram ao ar pelo Cartoon Network entre 2003 e 2005.A nova "Clone Wars" contará a história do período menos abordado nas seis partes que compõem a saga cinematográfica, o dos enfrentamentos entre os separatistas liderados pelo conde Dookan e a República Galáctica.Lucas, de 62 anos, prometeu anteriormente que não continuaria a saga no cinema, que foi dividida em seis partes e iniciada em 1977 no quarto episódio, sendo concluída em 2005 com o terceiro.

Agencia Estado,

05 de outubro de 2006 | 19h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.