George Clooney teria desbancado Tom Cruise

O galã George Clooney pode ter sido o pivô da separação de Nicole Kidman e Tom Cruise, um dos mais célebres casais de Hollywood, unido há 11 anos. É a hipótese levantada por jornais sensacionalistas, como o Daily News, que lembra a grande intimidade entre Clooney e Nicole durante a entrega do Globo de Ouro. Na ocasião, por E aí, Meu Irmão, Cadê Você?, o ator recebeu de Nicole o prêmio de melhor ator na categoria comédia/musical.A assessoria de Clooney nega qualquer relação entre os astros. Explica que ele e Nicole estiveram juntos na filmagem de O Pacificador, mas que não se vêem há tempos. Enquanto isso, a assessoria de Nicole e Cruise reforça a tese de que a separação se deveu a dificuldades relacionadas às suas carreiras.O mesmo diário levanta também outras possibilidades para a separação, retomando boatos que circularam quando do anúncio do casamento dos dois. Naquele época, chegou-se a dizer que a união serviria para encobrir a homossexualidade de Cruise e ao mesmo tempo esquentar a carreira de Nicole, então uma atriz pouca conhecida em Hollywood.

Agencia Estado,

06 de fevereiro de 2001 | 19h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.