Jean-Paul Pelissier/ Reuters
Jean-Paul Pelissier/ Reuters

George Clooney e Julia Roberts filmam na Austrália, com pandemia controlada

Comédia 'Ticket to Paradise' recebeu uma subsídio equivalente a 4,9 milhões de dólares de Queensland

Byron Kaye, Reuters

11 de março de 2021 | 12h05

George Clooney e Julia Roberts são as estrelas de Hollywood mais recentes a aparecerem em um filme rodado na Austrália graças a um fundo do governo local para produções de grande orçamento e ao atrativo da baixa exposição do país à pandemia de coronavírus.

O filme Ticket to Paradise recebeu uma subsídio equivalente a 4,9 milhões de dólares de Queensland para gravar nas Ilhas Whitsunday e em outras partes do Estado australiano neste ano.

Entre as outras estrelas que pousaram na Austrália nos últimos meses para gravações de cinema e televisão estão Matt Damon, Mark Whalberg, Natalie Portman, Zac Efron, Idris Elba, Liam Neeson, Melissa McCarthy e Tom Hanks.

Nicole Kidman e Chris Hemsworth são alguns dos australianos a levar grandes produções para casa, apesar de a chegada de pesos-pesados ter provocado algumas críticas devido a uma restrição governamental à entrada de cidadãos australianos e a relatos de que algumas celebridades driblaram quarentenas em hotéis.

A reação agressiva da Austrália à pandemia, incluindo lockdowns e fechamentos de fronteira, reduziu dramaticamente a transmissão comunitária do vírus, tornando o país popular para as chamadas "produções em fuga" de Hollywood.

Cineastas também citaram um aumento de 306 milhões de dólares em subsídios para locações australianas desde 2020 como um motivo.

Em Ticket to Paradise, as Ilhas Whitsunday fazem as vezes de Bali, na Indonésia, e Clooney e Roberts vivem um casal divorciado que comparece ao casamento da filha.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.