George Clooney doa US$ 1 milhão para combater corrupção na África

George Clooney doa US$ 1 milhão para combater corrupção na África

O dinheiro, junto com outras doações, será usado para ajudar a descobrir as redes financeiras por trás dos conflitos naquele continente

AP

25 Outubro 2017 | 17h34

NOVA YORK - O astro do cinema George Clooney doou US$ 1 milhão para combater crimes de guerra e corrupção na África. 

A Clooney Foundation for Justice (Fundação Clooney para a Justiça) anunciou nesta quarta, 25, um presente para o Sentry, uma iniciativa de investigação da qual Clooney é cofundador para descobrir as redes financeiras por trás dos conflitos na África. 

A doação de Clooney, juntamente com as de outros, incluindo do ator Don Cheadle, totalizou US$ 3,45 milhões para uma campanha de angariação de fundos.

Segundo o Sentry, que o dinheiro ajudará a financiar relatórios no próximo ano sobre “saques estaduais e fluxos financeiros ilícitos dos países devastados pela guerra do Sudão do Sul, Sudão, Congo, Somália e República Centro-Africana”.

Clooney e o ativista dos direitos humanos, John Prendergast, fundaram o Sentry em 2015.

 

Mais conteúdo sobre:
George Clooney

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.