AP
AP

George Clooney diz que perdeu a virgindade cedo demais

Em entrevista a 'Rolling Stone', ator também falou sobre seu romance com a modelo Stacy Keibler

EFE,

10 de novembro de 2011 | 18h50

O ator George Clooney acha que perdeu a virgindade cedo demais, aos 16 anos, revelou em entrevista à edição americana da revista 'Rolling Stone', que divulgou uma prévia da matéria nesta quarta-feira em seu site.

"Era jovem, muito jovem, jovem demais", disse o ator americano na entrevista, que chegará às bancas na próxima sexta-feira.

Clooney, de 50 anos, comentou sobre seu romance com a modelo Stacy Keibler que, segundo ele, o faz sorrir o dia todo.

O intérprete, que raramente dá detalhes sobre sua intimidade, preferiu desconversar sobre a antiga atividade de Stacy, de 32 anos, que era profissional de luta livre. Para Clooney, ela pode fazer o que bem entende da vida, não cabe a ninguém julgar.

Conhecido por seu ativismo político, principalmente pelos filmes sob sua direção Boa Noite, e Boa Sorte (2005), Clooney falou ainda sobre suas preocupações com países afetados por conflitos e por desigualdades econômico-sociais.

"Posso citar 40 lugares com conflitos no mundo atualmente, e não só lugares fisicamente violentos, mas também lugares financeiramente violentos", afirmou.

Por fim, a prévia da entrevista menciona ainda declarações sobre sua infância e adolescência nos estados de Ohio e Kentucky, onde era conhecido pelo prestígio local de seu pai, Nick Clooney, jornalista de televisão.

"No microcosmos de Ohio e norte de Kentucky, meu pai era uma grande estrela. Isso fazia de mim e de minha irmã muito visíveis", destacou Clooney. "Todo mundo nos conhecia e falava de nós".

Tudo o que sabemos sobre:
George ClooneyvirgindadeRolling Stone

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.