20th Century Studios
20th Century Studios

'Free Guy', com Ryan Reynolds, estreia em primeiro lugar nas bilheterias dos EUA

Filme dirigido por Shawn Levy arrecadou 26 milhões de dólares em 4.165 cinemas; em segundo lugar ficou 'O Homem nas Trevas 2'

Rebecca Rubin, Reuters

15 de agosto de 2021 | 15h11

Apesar das preocupações de que a variante delta manteria os espectadores em casa, a comédia de ação e ficção científica de Ryan Reynolds Free Guy teve um início melhor do que o esperado nas bilheterias nos Estados Unidos.

O filme da Disney e do 20th Century Studios arrecadou 26 milhões de dólares em 4.165 cinemas norte-americanos. Dado seu orçamento de produção acima de 100 milhões de dólares, a venda de ingressos não seria muito para comemorar em tempos pré-pandêmicos, mas não é um resultado ruim, já que uma pandemia varre o globo.

No exterior, Free Guy arrecadou 22,5 milhões de dólares em um total global de 51 milhões de dólares.

Free Guy é um teste interessante para a indústria de exibição de filmes porque está sendo exibido exclusivamente nos cinemas, o que é uma raridade atualmente. Muitos filmes de alto perfil que estrearam durante a pandemia, como Black Widow da Marvel e The Suicide Squad, estavam disponíveis em plataformas de streaming no mesmo dia de sua estreia nos cinemas.

Embora a covid-19 esteja indubitavelmente impedindo as pessoas de visitar seu multiplex local, Free Guy - que é dirigido por Shawn Levy (Stranger Things, Night at the Museum) e coestrelado por Jodie Comer e Taika Waititi - tinha vários fatores trabalhando a seu favor. Graças às fortes críticas e a um CinemaScore "A" do público, teve um boca a boca positivo no fim de semana.

Os outros novos lançamentos nos Estados Unidos neste fim de semana, o suspense da Sony O Homem nas Trevas 2 e o filme biográfico de Aretha Franklin da MGM, Respect, chegaram em linha com as expectativas, embora nenhum tenha feito muito para galvanizar os compradores de ingressos.

A sequência de O Homem nas Trevas garantiu o segundo lugar nas paradas de bilheteria, arrecadando 10,6 milhões de dólares em 3.005 locais em seus primeiros três dias de lançamento. Com um orçamento de $ 15 milhões, é um começo decente mas um declínio acentuado em relação ao seu antecessor, de 2016, que estreou com 26,4 milhões de dólares de arrecadação.

Respect alcançou o quarto lugar, com 8,8 milhões em vendas de ingressos em 3.207 telas nos Estados Unidos e Canadá. O filme, estrelado por Jennifer Hudson como a Rainha do Soul, recebeu críticas boas, mas não ótimas, e pode ter dificuldades para ser lucrativo dado seu custo de 55 milhões de dólares.

Respect terminou o fim de semana atrás de Jungle Cruise da Disney, agora em seu terceiro fim de semana de lançamento. Completando os cinco primeiros lugares está O Esquadrão Suicida, com 7,7 milhões de dólares arrecadados em 4.019 salas de exibição, representando um declínio brutal de 72% em relação ao fim de semana de estréia. (Reportagem de Lisandra Paraguassu)

 

Tudo o que sabemos sobre:
Ryan Reynoldscinema

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.