França é o homenageado no Festival de Cinema de Cartagena

Ao todo, serão exibidos 140 produções colombianas e internacionais, incluindo o brasileiro 'Proibido Proibir'

Da Redação,

08 Fevereiro 2028 | 11h42

A França foi o país escolhido para ser o convidado de honra da 48.ª edição do Festival Internacional de Cine de Cartagena, que acontece na cidade histórica de Cartagena de Índias, no Caribe Colombiano, a partir desta sexta-feira, 29, até 7 de março. Ao todo, serão apresentadas cerca de 140 produções audiovisuais, entre obras colombianas e internacionais, como o longa brasileiro Proibido Proibir, de Jorge Duran.   Criado por um grupo de empresários da cidade colombiana, o festival ganhou reconhecimento nos anos 70, quando passou a exibir obras de países latino-americanos e caribenhos. Desde então, a mostra promove a diversidade cultural em sua programação. Este ano, os destaques ficam por conta da exibição de seis filmes de novos cineastas franceses e uma retrospectiva de Françoise Truffaut.   O festival também fará uma cerimônia para entrega do prêmio India Catalina, na 32ª Competição Oficial Ibero-americana, além de vários concursos, como o Cine en Construcción, que dará ao vencedor US$ 20 mil para concluir sua produção cinematográfica inacabada.

Mais conteúdo sobre:
França Festival de Cine de Cartagena

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.