Framboesa de Ouro conclui o massacre de "Gigli"

E o fundo do poço chegou para Gigli, o péssimo filme em que Ben Affleck e Jennifer López se conheceram. Considerado como abaixo da crítica, o filme levou todas as seis principais Framboesas de Ouro. O troféu é dado, anualmente, aos maiores fracassos do cinema americano no ano anterior. Naturalmente, Gigli ficou com a Framboesa de pior filme. Além disso, Affleck ficou com o troféu de pior ator, J.Lo com o de pior atriz, os dois ganharam a Framboesa de pior casal e o cineasta Martin Brest ficou como pior diretor e roteirista. Foi a primeira vez que um filme "venceu" nas seis principais categorias do Framboesa.O fundador do prêmio Framboesa de Ouro, John Wilson, disse que há filmes ruins aos quais pode se assistir com bom humor, exatamente para rir de como são ruins. "Mas Gigli é só uma dor nas costas", disse ele. O fracasso custou US$ 54 milhões e rendeu apenas US$ 6 milhões nos poucos dias em que ficou em cartaz. Na cerimônia do Framboesa 2004, destacou-se, mais uma vez, Sylvester Stallone. Com sua mais nova Framboesa vencida neste sábado, ele agora é o recordista: tem 10 troféus. Um dos anteriores classificou Stallone como o pior ator do século 20. Desta vez, ele foi agraciado como pior ator coadjuvante por Spy Kids 3-D: Game Over. A pior atriz coadjuvante de 2003 é Demi Moore, "premiada" por As Panteras Detonando. O filme, aliás, recebeu a Framboesa de pior seqüência. "Ela tentou voltar e nós dissemos ´não, obrigado, nos livramos de você uma vez, vá embora de novo´", disse Wilson.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.