Filmes latinos são destaque em SP

Dadas as dificuldades de divulgaçãodo cinema latino-americano no Brasil até mesmo pequenasiniciativas são bem-vindas, como a mostra que inicia amanhã noCentro Cultural Banco do Brasil, em São Paulo. O título meiopomposo, Panorama do Novo Cinema-Latino Americano, traz naverdade apenas quatro longas-metragens estrangeiros, além dosdois brasileiros O Invasor e Lavoura Arcaica: doismexicanos, Amores Brutos, E Sua Mãe Também, e doisargentinos, Nove Rainhas e Prata Queimada. É pouca coisa, mas representa as três "potências"cinematográficas do continente. De fato, Brasil, México eArgentina costumam ser chamados de "as três Marias" noFestival de Havana, o principal evento dedicado ao cinemalatino-americano. Encerrado na sexta-feira, Havana mais uma vezmanteve a escrita, dividindo o prêmio principal entre obrasileiro Cidade de Deus e o argentino Tan de Repente.Um mexicano, Japón, ganhou o troféu para filme de diretorestreante, que eles chamam de "opera prima". São seis filmes de boa qualidade. Daí para cima. Epermitem algumas curiosas aproximações. Quem assistir a AmoresBrutos (Amores Perros, no original) verá que correm algunsparalelismos entre o que se faz no México e o que se faz noBrasil. Tente ver, por exemplo, o estilo rápido, clipado ecircular de Amores Brutos e depois veja, ou reveja, Cidadede Deus. Ninguém está dizendo que um copia o outro, ouqualquer coisa do tipo, mas sim que existem sensibilidades queconversam entre si em determinada época. Esses dois filmes, porsua vez, guardam alguma semelhança com um antecessor, Antes daChuva, do macedônio Milcho Manchevski. Enfim, tudo dialoga nummundo em que as culturas são cada vez mais próximas. Esse mesmo estilo, bruto e cru, mas ao mesmo tempo deolho no espetáculo, não está ausente de Prata Queimada -curiosa tradução para Plata Quemad, ou seja, DinheiroQueimado. Aliás, esse é o título com que o romance de RicardoPiglia foi lançado no Brasil. Marcelo Pyñeiro adaptou-o etransformou essa história verídica num grande sucesso. O outroargentino, Nove Rainhas, é uma história de doistrambiqueiros que tem muito a ver com a crise do país vizinho. Um tanto à parte nesse esquema, mas igualmenteinteressante, E Sua Mãe Também, mostra a inusitada iniciaçãosexual de dois adolescentes vividos por Diego Luna e Gael GarcíaBernal. Este último vive Ernesto Guevara quando jovem, antes dese tornar o Che, no filme que está sendo rodado por WalterSalles. Serviço - "Panorama do Novo Cinema Latino-Americano".Terça, às 12h15, sexta, às 15h, domingo, às 16h30, ´NoveRainhas´, de Fabián Belinsky, Arg/2000; terça e quinta, às 14h30 Sexta, às 12h15, sábado, às 15h30, domingo, às 18h30, ´AmoresBrutos´, de Alejandro Gonzáles Iñarritu; terça, às 17h30, quarta às 12h15, sexta, às 17h15, sábado, às 18h, domingo, às 12h15,´O Invasor´, de Beto Brant; terça, às 19h15, quinta, às 12h15,sexta, às 19h, sábado, às 20h, domingo, às 14h30, ´E Sua MãeTambém´, de Alfonso Cuarón. Quarta, às 14h30, ´Prata Queimada´,de Marcelo Piñeyro; quarta, às 18h, Sábado, às 12h15, ´LavouraArcaica´, de Luiz Fernando de Carvalho. De terça a domingo, apartir das 12h15. R$ 8,00 e R$ 4,00 (meia entrada). CentroCultural Banco do Brasil. Rua Álvares Penteado, 112, em SãoPaulo, tel. (11) 3113-3651. Até 22/12.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.