Filmes de terror feito de piadas e clichês

Todo Mundo em Pânico atira para todos os lados e, surpreendentemente, acerta o alvo. Essa nova paródia dos filmes de terror tem tudo para deliciar o público adolescente, que normalmente não se incomoda com cenas grotescas piadas de mau gosto e abuso de clichês. Em uma hora e meia de projeção, tudo o que se vê são sátiras escrachadas, atingindo desde Sexta-Feira 13 até A Bruxa de Blair, passando pela séria Dawnson´s Creek.A principal vítima da produção é a franquia Pânico, de quem o diretor Keenen Ivory Waynas empresta o argumento. Ou seja, o ponto de partida na história é o assassinato de uma estudante, o que deixa os demais alunos aterrorizados.A diferença é que aqui os personagens não fazem esforço para convencer o espectador da gravidade da situação. Pelo contrário. Tudo é motivo de piada (de preferência escatológicas ou sexuais). O roteiro ainda provoca gargalhadas ao escancarar a estupidez dos personagens - vividos por atores desconhecidos, como Anna Faris, Shawn Wayans, Marlon Wayans, Cheri Oteri e Shannon Elizabeth.Ao ser perseguida por um vilão mascarado, uma personagem prefere pegar uma banana para se defender - quando, ao lado da fruta, se encontra uma faca. Ainda na fuga, ela hesita na hora de escolher o caminho a seguir. Mesmo com a existência de placas que indicam de um lado "morte´´ e, do outro, "salvação´´.A única exigência para se divertir com piadas tão tolas é estar familiarizado com as produções teen. Do contrário, a platéia não vê graça na seqüência em que entra a canção-tema da série

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.