Shannon Stapleton/Reuters
Shannon Stapleton/Reuters

Filmes com perspectiva feminina terão destaque no Oscar de 2018

Segundo Tom O‘Neil, do site de premiações GoldDerby.com., 4 dos 9 longas indicados têm uma visão feminina

Jill Serjeant, Reuters

01 Março 2018 | 23h04

LOS ANGELES - As mulheres esperam finalmente receber um reconhecimento há muito tempo aguardado na cerimônia de domingo, dia 4, do Oscar, em que a disputa pelo principal prêmio da indústria do cinema é uma incógnita em uma temporada dominada pelo escândalo de má conduta sexual em Hollywood.

A fantasia romântica A Forma da Água, que trata de uma faxineira muda que se apaixona por uma criatura aquática, foi indicada para 13 categorias, inclusive melhor filme, diretor e atriz. Mas especialistas dizem que a cobiçada estatueta de filme do ano está em um páreo entre a comédia dramática Três Anúncios Para Um Crime, a sátira racial Corra! e o drama da Segunda Guerra Mundial Dunkirk, além de A Forma da Água.

+++ Com 13 indicações ao Oscar, ‘A Forma da Água’ conta a história de um romance inusitado

“A estrela do Oscar deste ano é o empoderamento feminino. Um filme com uma perspectiva feminina não ganha como melhor filme desde Menina de Ouro em 2005”, disse Tom O‘Neil, fundador do site de premiações GoldDerby.com.

“Neste ano, quatro dos nove filmes indicados têm uma perspectiva feminina. Isso é incrível”.

Como acusações de atos sexuais impróprios de cineastas, atores e diretores têm emergido a cada semana desde outubro de 2017, o movimento de resistência Time’s Up se tornou um assunto quente em Hollywood, como o suspense sobre quem levará para casa as maiores honrarias da indústria.

+++ Análise: 'Três Anúncios para Um Crime' mostra uma América profunda, com violência e humor  

O escândalo de má conduta sexual vem na esteira de anos de esforços das mulheres para acabar com a disparidade salarial em Hollywood e conseguir os trabalhos atrás das câmeras que determinam que filmes são produzidos.

Greta Gerwig, diretora de Lady Bird: A Hora de Voar, produção sobre uma relação volátil entre mãe e filha que foi indicada para melhor filme, almeja se tornar a segunda mulher a vencer na categoria de direção nos 90 anos de história do Oscar.

Três Anúncios, estrelado por Frances McDormand, favorita ao prêmio de melhor atriz, é visto como um filme que canaliza a revolta do movimento #MeToo, e já venceu o Globo de Ouro, o Bafta e o prêmio do Sindicato de Atores dos Estados Unidos.

Dave Karger, correspondente especial do site de entretenimento IMDB.com, disse que, embora A Forma da Água tenha mais apelo entre os eleitores da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, Corra!, título ousado de Jordan Peele que encara as relações raciais modernas pelo prisma de um filme de terror, “está emergindo como o azarão da vez”.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.