Filmes brasileiros disputam Festival de Havana

Antonia, de Tata Amaral, Proibido Proibir, de Jorge Durán, O Céu de Suely, de Karim Aïnouz, e O Maior Amor do Mundo, de Cacá Diegues são os longas brasileiros selecionados para competir no 28º Festival Internacional del Nuevo Cine Latino Americano de Havana (5 a15 de dezembro). A Máquina, de João Falcão, e Os 12 Trabalhos, de Ricardo Elias, concorrem na categoria de Primeiros Filmes. Entre os documentários selecionados, O Fim e o Princípio, Meninas, Diário de Nina, Dos Restos e das Solidões, O Maior Espetáculo da Terra e Nzinga Atabaques. Casa de Areia e Crime Delicado serão apresentados em Cuba fora de concurso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.