Filme traz tensão entre Elizabeth II e Blair na morte de Diana

Um filme que estreará no mês que vem noReino Unido mostrará as tensões surgidas entre a rainha Elizabeth IIe o primeiro-ministro, Tony Blair, após a morte da princesa Diana.Segundo a edição de hoje do jornal "Daily Mirror", o filmeretrata os problemas da rainha, interpretada pela atriz HelenMirren, após a morte de Diana, vítima de um acidente de carro numtúnel de Paris no ano de 1997. A produção, chamada "The Queen" ("A Rainha", em português) ébaseada em testemunhos de pessoas próximas aos fatos. O filme mostraum Tony Blair interpretado pelo ator Martin Sheen tentando convencerElizabeth II que ela devia ser a primeira a declarar luto pela morteda popular princesa. Inicialmente, Elizabeth II resiste e tenta dedicar todas suasenergias a proteger seus netos, os príncipes William e Harry, eajudá-los a superar o trauma da morte de sua mãe. Segundo o "Daily Express", o filme não tem como enfoque - comexceção de um momento de humor negro - as muitas teorias sobre asuposta participação do serviço secreto britânico na morte daprincesa e seu amante, o egípcio Dodi Al Fayed, filho do dono darede de lojas Harrods, de Londres. O herdeiro do trono, o príncipe Charles, interpretado por AlexJennings, aparece no filme como um personagem nervoso e fraco. Eleteme ser alvo de um magnicídio dentro do clima de hostilidade emtorno da família real após a morte de sua ex-esposa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.