Filme sul-coreano Pietà vence Festival de Veneza

O filme sul-coreano Pietà, uma história violenta sobre um agiota e uma mulher misteriosa que diz ser mãe dele, levou neste sábado o Leão de Ouro de melhor filme do Festival de Veneza.

Reuters

08 de setembro de 2012 | 18h10

O outro grande vencedor foi The Master, de Paul Thomas Anderson, inspirado nos primeiros dias da Cientologia. Anderson levou o Leão de Prata de melhor diretor. Também pelo filme, Philip Seymour Hoffman e Joaquin Phoenix ficaram com o prêmio conjunto de melhor ator.

Críticos se referiram a Pietà como uma história de amor e vingança, difícil em alguns momentos de assistir, mas emocionante.

Ao receber o prêmio, o diretor de Pietà, Kim Ki-Duk, cantou a tradicional música coreana Arirang.

"Essa é a música que os coreanos cantam quando estão tristes, quando se sentem sozinhos e desesperados, mas também quando estamos felizes", explicou à imprensa, em seguida.

(Por Mike Collett-White)

Tudo o que sabemos sobre:
CINEMAFESTIVALVENEZA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.