Divulgação
Divulgação

Filme sul-coreano leva troféu de melhor ficção da Mostra

'Voluntária Sexual' foi dirigido por Kyeong-duk Cho; 'O Sol da Meia-Dia', de Eliane Caffé, também foi premiado

Luiz Carlos Merten, de O Estado de S. Paulo,

05 de novembro de 2009 | 23h26

O prêmio de melhor ficção, da competição de novos diretores da 33ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, que atribui o Troféu Bandeira Paulista, foi para o filme Voluntária Sexual, de Kyeong-duk Cho, da Coréia do Sul.

 

especial Confira a lista dos premiados

especial Veja o especial sobre a Mostra de Cinema

 

No filme, uma jovem estudante é presa fazendo sexo em um quarto de hotel com um padre e um deficiente físico, e o trio é acusado de promover a prostituição. Ao serem interrogados, porém, eles insiste que a garota estava apenas ajudando o rapaz, que não podia mexer os braços nem as pernas e havia feito um pedido antes de sua morte iminente.

 

O prêmio da crítica para o melhor filme brasileiro foi atribuído para O Sol da Meia-Dia, de Eliane Caffé, que já havia sido premiado também no Festival do Rio por suas impactantes interpretações masculinas, a cargo de Chico Diaz e Luiz Carlos Vasconcelos.

 

A concorrida cerimônia de premiação ocorreu na Sala Cinemateca. A 33.ª Mostra prossegue até o dia 12, exibindo em três salas da cidade uma seleção dos filmes mais votados pelo público durante todo o evento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.