Divulgação
Divulgação

Filme sobre tiroteio em bar mostra pessoas reagindo em situações extremas

A 'comédia de terror' de El 'Bar' reflete uma situação enfrentada por pessoas na Europa e em locais em que estão presas sem rota de saída

Reuters, O Estado de S.Paulo

16 Fevereiro 2017 | 17h55

Um filme espanhol que retrata um tiroteio em um bar de Madri explora a maneira como as pessoas reagem em situações extremas – um cenário que é uma realidade na Europa, onde militantes realizaram ataques em Paris e outras cidades no passado recente.      

"El Bar", dirigido por Alex de la Iglesia e exibido no Festival Internacional de Cinema de Berlim na quarta-feira, mostra um homem sendo baleado quando sai de um bar e outro que também é alvejado ao ajudá-lo.

"Se você está confrontando a morte, seus instintos mais básicos são despertados, e este filme realmente trata da sobrevivência de todos nós", disse Blanca Suárez, que interpreta um dos clientes do estabelecimento.

De la Inglesia disse que o filme – que é temperado com momentos de humor – é uma "comédia de terror" e reflete uma situação enfrentada por pessoas na Europa e em outros locais em que estão presas sem rota de saída à medida que o medo e a apreensão aumentam.

Após o tiroteio, os clientes restantes se perguntam se há um atirador em um telhado próximo, se um terrorista vai matá-los e se o ataque irá terminar como aquele em Paris em 2015, no qual 130 pessoas foram mortas.

Eles entram em pânico e se voltam uns contra os outros – às vezes com uma arma – enquanto tentam descobrir quem é o assassino. A polícia isola o bar, um homem doente encontrado no banheiro morre, o local é incendiado e os clientes são forçados a entrar no esgoto para buscar remédios.

Mais conteúdo sobre:
Madri Europa Paris Alex

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.