Filme sobre o 11 de março estréia na Espanha

O 11 de março em Madri, o mais sangrento atentado da história da Espanha no qual 192 pessoas morreram, vai se tornar tema de um filme. Por enquanto apenas um documentário foi realizado sobre o episódio. Ilusiones rotas 11-M é o nome do filme do diretor argentino Alex Quiroga apresentado em Madri, com estréia prevista para esta sexta-feira. O longa-metragem conta a história de quatro pessoas que desejavam mudar suas vidas, mas morreram nas explosões dos trens. Os personagens são uma jovem que foge do marido, cansada dos abusos e maus-tratos; um estudante de teatro que finalmente consegue seu primeiro papel como protagonista; um imigrante marroquino sem permissão de estadia que dá seus primeiros passos na Espanha; e uma equatoriana que estuda informática para tentar conseguir um trabalho melhor. "Em relação às famílias das vítimas, os personagens são frutos da minha imaginação e 50% do que for arrecadado irá para a Associação das Vítimas do 11 de Março", disse o diretor à imprensa. "Realizei-o com afeto, em memória do amigo marroquino que perdi no atentado, e representa meu desejo de contar as mentiras que foram ditas nos dias do atentado por culpa do Governo Aznar e das eleições". O filme, cujos atores são todos desconhecidos, foi rodado em formato digital e sem o auxílio de qualquer maquinário, como se fosse um vídeo amador: "É um formato mais real, que permite adentrar melhor na vida dos personagens", disse Quiroga.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.