Filme peruano 'La Teta Asustada' vence festival de Havana

O filme peruano "La Teta Asustada" venceu o principal prêmio do Festival de Cinema de Havana, segundo a mídia local no sábado.

REUTERS

12 de dezembro de 2009 | 18h46

O filme de Claudia Llosa narra o dilema de Fausta, uma enfermeira aterrorizada por uma doença transmitida pelo leite materno de mulheres estupradas durante a guerra. A atriz Magaly Solier interpreta Fausta.

O Festival de Havana entrou o segundo prêmio ao chileno Sebastián Silva pelo filme "La Nana", e o terceiro lugar ficou com o brasileiro Marcelo Gomez, por "Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo".

O filme "Huacho", do chileno Alejandro Fernández, recebeu o prêmio de melhor primeira obra, por "seduzir os jurados como a manipulação do tempo e a solidez e expressividade de sua construção dramática", segundo a agência estatal Prensa Latina.

O uruguaio "Gigante", de Adrián Biniez e "Cinco Días sin Nora", da mexicana Mariana Chenillo, ficaram em segundo e terceiro lugar, na categoria de primeira obra.

O prêmio especial do júri foi para "El Vuelco del Cangrejo", do cineasta colombiano Oscar Ruiz Navia.

O Festival de Havana acontece entre os dias 3 e 13 de dezembro. O filme "El Secreto de sus Ojos", de Juan José Campanella abriu o evento.

Tudo o que sabemos sobre:
FILMEFESTHAVANAPOL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.