EFE/EPA/CLAUDIO ONORATI
EFE/EPA/CLAUDIO ONORATI

Filme italiano leva atrações de circo ao Festival de Veneza

'Freaks Out' mostra artistas que enfrentam comandantes nazistas

Reuters, O Estado de S.Paulo

09 de setembro de 2021 | 07h50

Atrações de circo enfrentam ocupantes nazistas em Freaks Out, fantasia sombria do diretor italiano Gabriele Mainetti que está competindo pelo prêmio principal do Festival Internacional de Cinema de Veneza.

O filme, que transcorre na Roma de 1943, conta a história de quatro artistas circenses, cada um com sua característica peculiar, entregues à própria sorte quando a cidade é bombardeada e seu chefe judeu desaparece.

Os quatro são um lobisomem, um homem que atrai ferro como um ímã, uma garota elétrica que dá choques em quem a toca e um albino domador de insetos.

Eles vão parar em um circo rival administrado por Franz, um nazista frustrado com mãos de seis dedos que consegue prever o futuro e quer usar seus superpoderes para ajudar a evitar a derrocada de Hitler.

"Fomos atraídos pela ideia de misturar aberrações com um elemento fortemente conflitante como os nazistas", disse Mainetti aos repórteres após uma exibição na quarta-feira, 8. "Os personagens são assustados e covardes no início, mas depois conseguem trazer à tona o que têm de melhor, e este é seu verdadeiro superpoder".

O diretor do Festival de Veneza, Alberto Barbera, disse que o filme tem ecos dos trabalhos de dois grandes vultos do cinema italiano, Federico Fellini e Sergio Leone. Mas Mainetti também se inspirou em Monstros, filme de terror de 1932 de Tod Browning, e no musical O Mágico de Oz, de 1939.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.