Filme de Sean Penn ganha prêmio do cinema independente

O filme "Into the Wild", de SeanPenn, que relata a história verídica de um aventureiro de 24anos no Alasca, recebeu o troféu de melhor filme na terça-feiranos Gotham Awards, um dos prêmios mais cobiçados destinados aocinema independente nos Estados Unidos. Um dos outros trabalhos premiados na cerimônia, voltada afilmes de arte ou que foram feitos com orçamentos pequenos, foi"Sicko", de Michael Moore, na categoria melhor documentário."Antes que o Diabo Saiba que Você está Morto", com Ethan Hawkee Philip Seymour Hoffman, e "Talk to Me", com Don Cheadle,empataram na categoria de melhor elenco. Os Gotham Awards são realizados anualmente pela IndependentFeature Project, organização sem fins lucrativos fundada em1979 para dar apoio ao cinema independente. Os prêmios dão aoscinéfilos uma indicação dos principais filmes independentes doano, no início da temporada de premiações em Hollywood. O troféu de atriz revelação ficou com a novata Ellen Pagepor "Juno". A atriz tem sido elogiada pela crítica pelo papelde adolescente americana que enfrenta uma gravidez nãoplanejada. Craig Zobel foi considerado o diretor revelação por seuprimeiro longa-metragem, "Great World of Sound", que também foiindicado para melhor filme. "Sicko" já está entre os finalistas para melhordocumentário no Oscar 2008. "Into the Wild" também valeu uma indicação para melhor atorrevelação para Emile Hirsch, que representa Chris McCandless,universitário de 22 anos que abandonou o conforto de sua vidapara entrar em contato direto com a natureza. Sean Penn levou dez anos para convencer os pais deMcCandless a lhe deixar fazer o filme sobre seu filho. O filmeé adaptado do best-seller "Na Natureza Selvagem", de JonKrakauer.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.