Filme de natal bate Russel Crowe nos EUA

Uma comédia de natal em que Will Ferrell vive um duende que procura Papai Noel bateu o novo filme de Russel Crowe nos cinemas americanos. Elf, que está em seu segundo fim de semana, alcançou o topo da bilheteria dos EUA com US$ 27,2 milhões. Master and Commander, aventura dos mares na era de Napoleão protagonizada por Crowe, estreou em segundo, com US$ 25,7 milhões. Mostrando que mantém a força diante do público, a terceira parte da trilogia dos irmãos Wachowski ficou em terceiro lugar. Matrix Revolutions arrecadou US$ 16,3 milhões neste fim de semana. Em 12 dias de exibição nos EUA, o filme arrecadou um total de US$ 114,2 milhões. Mas como teve estréia mundial, Matrix Revolutions já rendeu muito mais: US$ 310 milhões em menos de duas semanas ao redor do mundo, segundo a Warner Bros.A bilheteria americana também foi generosa com outros filmes do tipo família. O infantil Brother Bear ficou em quarto lugar e arrecadou US$ 12 milhões. Além dele, Looney Tunes: Back in Action, mais um filme com Patolino e companhia, arrecadou US$ 9,5 milhões e com isso ficou em quinto.

Agencia Estado,

17 de novembro de 2003 | 12h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.