Filme de Glauber Rocha atrai 200 pessoas ao parque

A exibição de Deus e o Diabo na Terra do Sol, um dos principais filmes do diretor Glauber Rocha na marquise do Parque do Ibirapuera, atraiu ontem, às 18 horas, cerca de 200 pessoas. Carlos Albuquerque da Silva, de 16 anos, já tinha ouvido falar sobre o cineasta Glauber Rocha na escola, mas nunca viu um filme do diretor.A iniciativa faz parte do projeto Cinema no Parque, promovido pela Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente em diversos parques da cidade, exibindo filmes brasileiros. Já houve apresentações no Parque Trianon e Parque do Carmo, que exibiu O Bandido da Luz Vermelha, de Rogério Sganzerla. ?Nunca tive chance de ver um filme do Glauber antes, é difícil passar na televisão. Também está ruim assistir em cinema, o ingresso é caro. Acho muito boa essa iniciativa?, contou Silva, que mora na Cidade Ademar, zona sul, e estuda em uma escola estadual. Todos os domingos ele freqüenta o Ibirapuera acompanhado dos amigos. Paloma Rocha, filha de Glauber, estava presente no parque. ?Sinto uma satisfação grande em ver que o filme de meu pai possa ser apreciado pelo povo, não ficar restrito aos intelectuais. Era um grande desejo dele que sua obra fosse popularizada?, afirmou Paloma. A programação vai até maio. Informações pelo telefone 3372.2229.

Agencia Estado,

09 de fevereiro de 2004 | 10h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.