Filme de Agresti é o candidato argentino ao Oscar

Os argentinos escolheram hoje seu candidato ao Oscar de melhor filme estrangeiro. É Valentín, sobre um garoto solitário de oito anos que sonha tornar-se astronauta. Dirigido por Alejandro Agresti, o filme tem co-produção da Holanda, França, Itália e Espanha.Valentín é o 15.º filme de Agresti, um dos mais inventivos diretores do forte cinema argentino. Passa-se em 1969. O menino, papel de Rodrigo Noya, vive com a avó. Foi abandonado pela mãe, e seu pai vive colecionando namoradas. Uma delas assumirá papel central na vida do menino.Além do nome de peso de seu diretor (Buenos Aires Vice e Versa, El Viento se Llevo lo Que, Uma Noite com Sabrina Love), Valentín chega à disputa por uma das cinco indicações ao Oscar embalado por uma série de prêmios, incluindo o da mostra alternativa do Festival de Cannes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.