Deng Feng International Media
Deng Feng International Media

Filme chinês entra na lista das 100 maiores bilheterias da história

‘Wolf Warrior 2’ desbancou 'Forrest Gump' e teria acumulado cerca de US$ 682,1 milhões quase unicamente nos cinemas chineses

AFP, O Estado de S.Paulo

16 Agosto 2017 | 21h53

O filme de ação chinês ‘Wolf Warrior 2’ se tornou o primeiro filme não americano, ou britânico, a entrar na lista das 100 maiores bilheterias da história do cinema.

Repleto de acrobacias e de explosões e com acentuado caráter patriótico, o longa conta a história de um ex-soldado chinês em uma zona de guerra na África, onde ajuda seus compatriotas e a população local, ameaçados por rebeldes e por mercenários ocidentais.

A produção entrou terça-feira (15) na lista dos 100 sucessos da história do cinema mundial, elaborada pelo site especializado Box Office Mojo. Sua chegada toma o lugar de ‘Forrest Gump – O Contador de Histórias’, filme de 1994 estrelado por Tom Hanks.

Na semana passada, ‘Wolf Warrior 2’ já havia superado o recorde de arrecadação na China. O filme teria acumulado cerca de US$ 682,1 milhões, quase unicamente nos cinemas chineses, segundo o Box Office Mojo. Ontem, a página especializada China Movie Data Information Network anunciou uma bilheteira deUS$ 710 milhões em todo país.

O diretor e ator principal Wu Jing, especialista em artes marciais, reconheceu que ‘Wolf Warrior 2’ aproveita uma onda de patriotismo estimulada pelo governo chinês.

“Apenas risquei um fósforo e acendi o patriotismo das pessoas”, minimizou Jing, em entrevista publicada nesta terça pela agência oficial de notícias Nova China.

As maiores bilheterias da história do cinema mundial são todas americanas: ‘Avatar’ (2009), com US$ 2,788 bilhões; ‘Titanic’ (1997), com US$ 2,186 bilhões; e ‘Star Wars: O Despertar da Força’ (2015), com US$ 2,068 bilhões.

Mais conteúdo sobre:
Cinema Chinês

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.