Filme brasileiro não entra na disputa pelo Oscar

Cinema, Aspirinas e Urubus, dirigido por Marcelo Gomes, não está entre os indicados do Oscar na categoria melhor filme estrangeiro. Pela primeira vez, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood divulgou antecipadamente nove longas selecionados na categoria antes do anúncio oficial dos indicados, que acontece em 23 de janeiro. Volver, filme do espanhol Pedro Almodóvar, e O Labirinto do Fauno, do mexicano Guillermo del Toro, vão concorrer na categoria melhor filme estrangeiro, de acordo com a edição online da revista Variety. Disputam também o prêmio Water (Canadá), Black Book (Holanda), Days of Glory (Argélia),After the Wedding (Dinamarca), Avenue Montaigne (França), The Lives of the Others (Alemanha) e Vitus (Suíça). Ficou de fora da lista Curse of the Golden Flower, do cineasta Zhang Yimou, que era considerado um dos favoritos. Cartas de Iwo Jima, dirigido pelo americano Clint Easwood e falado em japonês, venceu o Globo de Ouro na categoria melhor filme estrangeiro, mas não pôde concorrer na mesma categoria no Oscar porque foi considerado uma produção dos EUA. A última vez que o Brasil teve um representante na categoria melhor filme estrangeiro do Oscar foi em 1999, com Central do Brasil, de Walter Salles. A produção perdeu para o italiano A Vida é Bela, de Roberto Benigni.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.