Filme argentino bate recorde de público no Uruguai

A estréia no Uruguai do filme argentino Plata Quemada, de Marcelo Piñeyro, bateu recorde de bilheteria: 11 mil espectadores assistiram à sua exibição no primeiro fim de semana em que esteve em cartaz. O recorde repete os bons resultados alcançados na Argentina, onde já é o filme mais visto do país, acumulando 470.937 espectadores em apenas quatro semanas.O filme foi rodado em Montevidéu, registrando um caso policial que se passou entre setembro e novembro de 1965, quando uma quadrilha argentina roubou um caminhão contendo o pagamento de funcionários do município de San Fernando. O diretor esteve em Montevidéu para a estréia de seu filme, depois de ser premiado, na quinta-feira, pelo 2º Festival da Crítica Cinematográfica do Uruguai.Em entrevista à revista argentina Fonograma, o diretor centra o sucesso de seu filme, entre outras razões, na natureza de seu tema, conhecido de argentinos e uruguaios. "Espero que o cinema argentino siga o costume de retratar temas nacionais."A segunda posição entre os filmes mais vistos no Uruguai ficou com o longa-metragem El Viñedo, do estreante Esteban Piñeyro. Foi visto por 3 mil pessoas e acumula em cinco semanas a marca de 38 mil ingressos vendidos. Também rodado em Montevidéu, o filme cobre o assassinato de um rapaz no momento em que roubava cachos de uvas de um terreno privado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.