Filme argentino abre mostra competitiva de Berlim

A corrida pelo Urso de Ouro do 51ª Festival Internacional de Cinema de Berlim começou hoje com a exibição de La Ciénaga, o primeiro filme argentino a participar da mostra competitiva do evento em 13 anos. É a estréia de Lucrecia Martel na direção de longa-metragem. E em grande estilo. Apesar do desconforto causado na platéia por algumas cenas mais violentas, seu filme foi bastante aplaudido.La Ciénaga conta a história de Mecha, papel de Graciela Borges, uma mãe de família alcoólatra que vai passar as férias no norte da Argentina, onde encontra sua prima Tali, interpretada por Mercedes Morán. Ali, antigos segredos virão à tona, mudando o rumo das vidas de ambas. Rodada em 40 dias, a produção custou US$ 1,2 milhões, e estréia em Buenos Aires em 5 de abril.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.