Divulgação
Divulgação

'Filho de Saul' e 'Ixcanul', que chegaram bem credenciados, confirmam favoritismo na Mostra

Conheça todos os vencedores da votação popular

Luiz Carlos Merten, O Estado de S.Paulo

31 Outubro 2015 | 03h00

E a Mostra, que realiza hoje a coletiva de apresentação do júri – integrado, entre outras personalidades, pela atriz Geraldine Chaplin –, divulgou ontem a lista dos filmes escolhidos pelo público para concorrer ao Troféu Bandeira Paulista. O formato idealizado pelo criador do evento, Leon Cakoff, tem a ver com o fato de que, durante anos, a Mostra teve de lutar contra a censura do regime militar, que também impedia o povo de votar para presidente. Na Mostra, o público escolhe seus favoritos e o júri delibera em cima deles.

Alguma dúvida de que O Filho de Saul, do húngaro Laszlo Nemes, seria um dos mais votados? O filme tem causado comoção em todo o mundo. Terá sessão nesse sábado, caso você não tenha visto. Ixcanul, do guatemalteco Jayro Bustamante, era outra aposta certeira. Terá sessões na terça e quarta. Nenhum brasileiro ficou entre os escolhidos pelo público. Segue a lista com os demais selecionados para a apreciação do júri.

A Estreita Linha Amarela, de Celso García, do México; A Terra e a Sombra, de Cesar Agusto Acevedo, Colômbia; Camino a La Paz, de Francisco Varone, Argentina; Carta Branca, de Jacek Lusinski, Polônia; Em Seus Braços, de Samanou A. Sahlstrom, Dinamarca; Longo Caminho Rumo ao Norte, de Rémi Chayé, França; Nós, Eles e Eu, de Nicolás Abruj, Argentina; Nós, Monstros, de Sebastian Ko, Alemanha; O Culpado, de Gerd Schneider, Alemanha; O Retorno, de Bjorn Hynur Haraldson; Pardais, de Runnar Runarsson, Islâsndia; e The Paradise Suite, de Joost van Ginkel, Holanda.

Mais conteúdo sobre:
cinema

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.