Filha de Orson Welles processa estúdios

A filha do cineasta Orson Welles entrou com uma ação contra dois estúdios de Hollywood por conta dos direitos sobre a obra-prima do pai, Cidadão Kane. Beatrice Welles argumenta na ação, entregue a uma Corte federal de São Francisco, que um acordo feito em 1944 e só recentemente revelado põe fim ao contrato de participação nos lucros que o diretor assinou em 1939. Neste caso, todos os direitos sobre o filme passariam para ela. Mesmo que o contrato de 44 não seja validado, Beatrice reclama royalties sobre os lucros que os estúdios obtiveram com Cidadão Kane, conforme acertado no acordo de 39. A RKO e a Turner Entertainment ainda não avaliaram a ação. Um assessor da RKO disse que a empresa pretende resolver a questão amigavelmente.

Agencia Estado,

05 de fevereiro de 2003 | 12h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.