Festival reúne filmes censurados pelo regime militar

Começa hoje um festival de cinema que exibirá os filmes censurados durante o regime militar. O Cinema Brasileiro Encarcerado: a Censura no Regime Militar até domingo no Centro Cultural Banco do Brasil. Ao todo, sete produções poderão ser vistas pelo público. A de hoje é Nenê Bandalho, longa em preto e branco de 1970 dirigido por Emílio Fontana. Com Jô Soares no elenco, o filme é baseado em conto de Plínio Marcos, e foi considerado uma afronta ao decoro e às diretrizes políticas da época.Os outros filmes que integram a mostra e foram tesourados pelo regime militar são: Macunaíma, de Joaquim Pedro de Andrade, de 1969, com Grande Otelo; Meteorango Kid, o Herói Intergaláctico, de André Luiz Oliveira, de 1969; Ritual dos Sádicos, de José Mojica Marins (1969); O País de São Saruê, de Vladimir Carvalho (1971); Iracema, uma Transa Amazônica, de Jorge Bodanzky (1975); e O Homem que Virou Suco, de João Batista de Andrade, de 1980.O Cinema Brasileiro Encarcerado - CCBB. Rua Álvares Penteado, 112, tel.: 3113-3113.

Agencia Estado,

20 de maio de 2003 | 10h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.