Festival É Tudo Verdade vai premiar vencedor com R$ 100 mil

A Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL) fechou com o festival de documentários É Tudo Verdade a criação do prêmio CPFL/É Tudo Verdade: Janela para o Contemporâneo, no valor de R$ 100 mil para o melhor filme da competição brasileira de longas e médias. Será a maior premiação em festivais nacionais desvinculada de compromissos de distribuição (como o prêmio Petrobrás). A premiação foi estabelecida por Augusto Rodrigues, diretor de Comunicação Empresarial e Relações Institucionais da CPFL. A 12.ª edição do festival ocorre entre 22 de março e 10 de abril em São Paulo e no Rio de Janeiro, com itinerâncias em Brasília, Campinas e Porto Alegre.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.