Silvana Garzaro/Estadão
Silvana Garzaro/Estadão

Festival É Tudo Verdade terá versão online, por causa do coronavírus

De acordo com comunicado, evento será realizado em dois momento, no primeiro somente em formato online, no segundo, ainda sem data, com público presente

Redação, O Estado de S.Paulo

16 de março de 2020 | 11h31

Tradicional festival de documentário e que está completando 25 anos de atividade, o É Tudo Verdade, atendendo às recomendações sanitárias para prevenção e contenção da pandemia do coronavírus, decidiu fazer o evento de duas formas. Mantendo a data de abertura, mas em formato onlie. E, em uma segunda fase, ainda sem data defitinida, com a participação do público. O festival está marcado para ocorrer entre fim de março ou começo de abril e a programação ainda está sendo elaborada. 

Abaixo o comunicado oficial do É Tudo Verdade. 

É TUDO VERDADE EXPANDE FESTIVAL DIGITAL E REMARCA EVENTO EM SALAS

Devido ao agravamento da pandemia do coronavírus (covid-19) e a partir das recomendações sanitárias e medidas de restrição às reuniões públicas já decretadas pelas autoridades, incluindo o fechamento do circuito de salas de cinemas, o É Tudo Verdade - Festival Internacional de Documentários decidiu, em sintonia com seus patrocinadores e parceiros, realizar sua 25ª edição em duas etapas: uma, digital, no período originalmente agendado (fim de março/início de abril), e outra, presencial, em datas ainda a serem especificadas de setembro próximo.

A equipe do festival já desenvolve este novo formato em parceria com seus patrocinadores e parceiros e em consulta com os convidados e os produtores dos documentários selecionados. Nos próximos dias maiores detalhes serão anunciados por nossas redes sociais e pelo site www.etudoverdade.com.br.

Priorizando sempre a saúde, a segurança e o bem-estar de todos, rogamos para que as precauções sanitárias aconselhadas sejam rigorosamente cumpridas.

Agradecemos o apoio das autoridades e de nossos parceiros, assim como de nosso público, convidados e equipe. Nosso empenho é o de honrar o grau de excelência da programação anunciada ao mesmo tempo em que propiciamos amplo e seguro acesso aos filmes e debates a nosso público e aos profissionais de cinema e de imprensa.

É Tudo Verdade 2020

A prinícipio, o É Tudo Verdade preparou uma vasta programação, marcando sua 25ª edição, reunindo 83 títulos, em sessões gratuitas de seis espaços em São Paulo e três no Rio. O festival estava agendado para ser realizado entre os dias 26 e 5 de abril na cidade de São Paulo, e de 31 a 5 na versão carioca, mais compacta.

Segundo o diretor do festival, Amir Labaki, está certo que ficará disponível on-line o film eO Segundo Encontro, de Veronique Ballot, sobre o pai dela, o fotográfo Henri Ballot, que tem uma imagem honrando-nos a arte deste ano. E outro é Carmen Miranda - Bananas Is My Business, de Helena Solberg, que participou de nossa primeira edição em 1996.


 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.