Festival 'É Tudo Verdade' anuncia programação

Mostra acontece simultaneamente em São Paulo e no Rio de Janeiro

Estadão.com.br,

15 de março de 2011 | 16h12

Entre 31 de março e 10 de abril, São Paulo e Rio de Janeiro sediarão a 16ª edição do É Tudo Verdade - Festival Internacional de Documentários. A mostra, fundada e dirigida pelo crítico Amir Labaki, apresentará 92 documentários de 29 países, que participam da seleção oficial, além de 18 documentários brasileiros inéditos, de curta, média e longa-metragem.

 

A Mostra Competitiva Internacional de Longas e Médias-Metragens exibirá 12 documentários. A competição vai mostrar títulos premiados em Amsterdã, Berlim, Leipzig, Lisboa e Veneza. A programação completa, divulgada nesta terça-feira, pode ser conferida no site da mostra.

Além das mostras competitivas, compõe o festival uma série de retrospectivas e programas especiais. Na Retrospectiva Internacional serão exibidos nove filmes da russa Marina Goldovskaya, em celebração ao seu 70º aniversário. Também acontece a pré-estreia internacional de mais recente obra da cineasta, O Gosto Amargo da Liberdade, um retrato intimista da combativa jornalista Anna Politkovskaya, assassinada em 2006.

 

Intitulada Poesia É Verdade, a Retrospectiva Brasileira vai apresentar quinze documentários, realizados entre 1948 e 2007, que examinam a produção nacional dedicada a celebrar a vida e a obra de grandes poetas brasileiros.

Os Programas Especiais vão exibir nove filmes, com três representantes brasileiros: o inédito Os Cavalos de Goethe, de Arthur Omar, além da pré-estreia do curta inédito Santoscópio = Dumontagem e do longa Santos Dumont: Pré-Cineasta?, de Carlos Adriano.

 

Quatro produções brasileiras inéditas estão entre os dez títulos da seção informativa O Estado das Coisas: As Batidas do Samba, de Bebeto Abrantes (RJ); Futebol de Várzea, do estreante Marc Dourdin (SP); São Miguel do Gostoso, de Eugênio Puppo (SP); e Seu Cavaco, Dom Bandolim e o Choro do Mestre Duduta na Rainha da Borborema, de Riccardo Migliore e Thaise Carvalho (PB).

Argentina, Chile, Colômbia, Equador, México e Uruguai sãos os países representados neste ano no Foco Latino-Americano, que reúne cinco produções.

 

O festival também promove a 11ª Conferência Internacional do Documentário, com o tema A Entrevista no Documentário. Pesquisadores e cineastas brasileiros e internacionais estarão reunidos entre 7 e 9 de abril, na Cinemateca Brasileira, na zona sul de São Paulo, para avaliar os bons e maus usos dessa ferramenta essencial ao cinema não-ficcional.

Tudo o que sabemos sobre:
mostraÉ Tudo VerdadeAmir Labaki

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.