Festival de Veneza vai homenagear Lasseter e estúdio Pixar

Entre os sucessos da parceria estão 'Toy Store', 'Procurando Nemo' e, mais recentemente, 'WALL-E'

Reuters

26 de janeiro de 2009 | 13h37

John Lasseter, os diretores da Walt Disney e do estúdio de animação Pixar receberão um prêmio especial por suas carreiras no Festival de Cinema de Veneza deste ano, por terem revolucionado o cinema de animação, disseram os organizadores do evento na segunda-feira. Lasseter e a Pixar, que se fundiu com a Walt Disney em 2006, estão por trás de grandes sucessos de animação como Toy Story, Procurando Nemo, Os Incríveis, Ratatouille e, mais recentemente, WALL-E, indicado para o Oscar de melhor longa-metragem animado. O cinema de animação vem ganhando destaque no festival de Veneza nos últimos anos, e o diretor do festival, Marco Mueller, é conhecido como fã do gênero. Mas a escolha para os premiados deste ano parece marcar uma quebra em relação aos diretores mais independentes, em sua maioria de filmes de ação, que receberam o prêmios nos últimos anos pelo conjunto de sua obra. Os ganhadores recentes do prêmio pela carreira incluem Ermanno Olmi, David Lynch, Tim Burton e Hayao Miyazaki. Os organizadores do Festival de Veneza disseram que Lasseter, duas vezes premiado com o Oscar e chefe de criação da Walt Disney e Pixar Animation Studios, é "um dos grandes inovadores e experimentadores de Hollywood." O festival de Veneza deste ano acontece entre 2 e 12 de setembro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.