Filippo Monteforte / AFP
Filippo Monteforte / AFP

Festival de Veneza: Dakota Johnson treinou danças de 'Suspiria' durante gravação de '50 Tons'

'Foi incrível descobrir que eu era capaz de fazer aquilo com meu corpo, mas exigiu muito trabalho, muito treino'

Hanna Rantala, Reuters

03 Setembro 2018 | 17h33

Se Dakota Johnson precisou se preparar para a trilogia erótica de Cinquenta Tons de Cinza, não foi nada comparado às exigências físicas de Suspiria, filme de terror no qual grande parte do medo depende de sua capacidade de dançar como uma mulher possuída.

Refilmagem de um clássico dos anos 1970, Suspiria se passa em uma escola de dança em Berlim onde a personagem de Dakota, Susie, uma ingênua iniciante saída dos campos de milho do Estado norte-americano de Ohio, descobre poderes estranhos em ação.

As mulheres mais velhas da academia se impressionam com sua dança instintiva e violenta e logo lhe dão o papel principal de um espetáculo —mas o espectador suspeita que elas têm algo mais sinistro em mente.

“Foi incrível descobrir que eu era capaz de fazer aquilo com meu corpo, mas exigiu muito trabalho, muito treino”, disse Dakota à Reuters no Festival Internacional de Cinema de Veneza, no qual Suspiria disputa um Leão de Ouro.

“Treinei durante seis meses antes de filmar. Estava gravando outro filme em Vancouver, o terceiro filme de 50 Tons, e treinava com o treinador antes ou depois do trabalho”.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.