Festival de Sundance anuncia vencedores

O drama familiar Forty Shades of Blue, de Ira Sachs, foi eleito o melhor filme do Festival de Sundance 2005. O longa norte-americano enfoca o triângulo amoroso entre um produtor musical, sua mulher russa e seu filho. Why We Fight ficou com o prêmio do júri para documentário. O filme aborda a dependência que a indústria bélica dos Estados Unidos tem das guerras. Os prêmios foram entregues no sábado e os longas vencedores foram exibidos novamente no domingo, no encerramento na mostra de 11 dias de filmes independentes, em Park City, Utah.O prêmio de público para filme dramático, escolhido por votação pelas pessoas que freqüentam a mostra, foi para Hustle & Flow, escrito e dirigido por Craig Brewer.O público de Sundance escolheu Murderball dos diretores Henry Alex Rubin e Dana Adam Shapiro como o melhor documentário. O prêmio de melhor filme estrangeiro, para o júri, foi para The Hero (O Herói), longa de Zeze Gamboa sobre a vida em Angola após a guerra civil. Shape of the Moon, de Leonard Retel Helmrich, ficou com o prêmio de melhor documentário na categoria world-cinema. Brothers, de Susanne Bier, ficou com o prêmio de honra do público na mesma categoria. O canadense Shake Hands With the Devil: The Journey of Romeo Dallaire ficou com o prêmio de melhor documentário de world-cinema na escolha do público.Os prêmios especiais de júri para atores foram dados a Amy Adams, de Junebug, e para Lou Pucci, por Thumbsucker. Um documentário caseiro feito por adolescentes sobre a violência no Brooklyn, Bullets in the Hood: A Bed-Stuy Story, venceu um prêmio especial no festival. Os organizadores criaram uma categoria especial para reconhecer o filme de 22 Minutes feito por Terrence Fisher, de 19 anos, e Daniel Howard, de 18 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.