Festival de NY homenageia Almodóvar

O cineasta espanhol Pedro Almodóvar será homenageado pelo Festival de Cinema de Nova York, que vai exibir um compacto com cenas de seus filmes, além de elogios ao diretor, que lança seu 14.º filme A Má Educação nos EUA na abertura do evento (o filme abriu também o Festival de Cannes deste ano), no dia 9 de outubro e entra em circuito comercial norte-americano no dia 19 de novembro. O filme é estrelado por Gael García Bernal, também protagonista de Diários de Motocicleta, do brasileiro Walter Salles.A exibição da cópia restaurada do filme brasileiro Macunaíma, de Joaquim Pedro de Andrade é um dos destaques desta 42.ª edição do festival, organizado pela Sociedade Cinematográfica do Lindoln Center. Entre os filmes latinos estão os filmes argentinos La Niña Santa de Lucrecia Marte e Familia Rodante de Pablo Trapero. O presidente da comissão que seleciona os filmes Richard Peña explica a homenagem a Almodóvar "porque 25 anos depois de seu primeiro filme, o cineasta não dá sinal algum de queda de sua capacidade criativa e em vez de dormir sobre seus louros, lança filmes de sucesso internacional, como Tudo sobre Minha Mãe e Fale com Ela. Para Peña, Almodóvar volta às telas com seu filme mais desafiador, provocativo e bonito até agora".O Festival de Cinema do Lincoln Center começa no dia 1.º de outubro com a exibição do filme francês Comme une Image, de Agnes Jaoui etermina no dia 17 do mesmo mês com Sideways, do cineasta norte-americano Alexander Payne.No programa deste ano destacam-se também Saraband, do lendário cineasta sueco Ingmar Bergman, Triple Agent, do francês Eric Rohmer e Vera Drake, do britânico Mike Leigh. Diferentemente dos similares europeus, o Festival de Cinema de Nova York não concede prêmios.

Agencia Estado,

25 de agosto de 2004 | 16h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.