Festival de NY comemora 40 anos

O mais importante festival de cinema deNova York chega amanhã aos seus 40 anos. O New York FilmFestival dá a largada em uma maratona de 26 longas-metragens e17 curtas de 25 países, trazendo como destaque osfilmes About Schmidt, de Alexander Payne, estrelado por JackNicholson; Punch-Drunk Love, de Paul Thomas Anderson; eFale Com Ela, de Pedro Almodóvar. As sessões públicas vão até o dia 13 de outubro em duas salas de cinema do Lincoln Center.Se o NYFF nunca ganhou o prestígio de festivais como o deCannes, Berlim e Veneza (até porque não é uma mostracompetitiva), em quatro décadas teve o mérito de apresentar emprimeira-mão ao público americano obras-primas do cinema. Depoisda exibição do clássico O Anjo Exterminador, de Luiz Buñuel,na noite de abertura em 1963, o festival mostrou, entre muitosoutros, O Último Tango em Paris, de Bernardo Bertolucci(1972); Carruagens de Fogo, de Hugh Hudson (1981); Paris,Texas, de Wim Wenders (1984); Mulheres à Beira de Um Ataquede Nervos, de Pedro Almodóvar (1988); Pulp Fiction, deQuentin Tarantino (1994); e Dançando no Escuro, de Lars VonTrier (2000).O evento também não tem o poder estelar de Hollywood, mas, aolongo dos anos, teve as presenças de nomes que vão de IsabellaRossellini a Björk, passando por Andy Warhol, Keith Richards eLeonardo DiCaprio. Entre os diretores brasileiros que marcarampresença no festival estão Sergio Biancchi (CronicamenteImpossível, em 2000), Cacá Diegues (Os Herdeiros, em 1970,e Bye Bye Brazil, em 1980), Ruy Guerra (Erendira, em1983) e Gláuber Rocha (Barravento, em 1963, e Terra emTranse, exibido apenas em 1991).O primeiro filme a ganhar atenção este ano é AboutSchmidt, novo trabalho do diretor e roteirista Alexander Payne, do excelente Eleição. Mas apesar do elenco de peso, com JackNicholson fazendo o papel de um aposentado, e Kathy Bates e HopeDavis fornecendo um bom apoio, a comédia de humor negro nãodecola. Na entrevista coletiva concedida logo após a exibiçãopara a imprensa, o ator falou sobre a experiência de vivernovamente um personagens solitário, como os de Ironweed eThe Pledge. "Todo personagem carrega 85% da personalidadedo ator, então há várias similaridades entre eles, mas, ao mesmotempo, não podiam ser mais diferentes", disse ele.Outro filme que deve ganhar destaque é Punch-Drunk Love,de Paul Thomas Anderson, o diretor de Boogie Nights eMagnólia. Estrelado pelo comediante Adam Sandler, um dosmais bem pagos de Hollywood atualmente, e pela inglesa EmilyWatson, o filme conta a histórie de um vendedor de desentupidor de privadas e suas sete irmãs.Almodóvar, que tem lugar garantido no festival, apresenta seuprimeiro filme desde o sucesso mundial de Tudo Sobre MinhaMãe, produção de 1999 que rendeu o Oscar ao espanhol e lançoua carreira de Penélope Cruz. Com aparições de Caetano Veloso ePina Bausch, a comédia de humor negro Fale Com Ela fala doamor de dois homens, um enfermeiro que cuida de uma paciente emcoma e um escritor envolvido com uma toureira.A programação inclui também outras produções curiosas, comoThe Magdalene Sisters, de Peter Mullan, que venceu o Festival de Veneza, sobre o trabalho semi-escravo nas lavanderias irlandesas comandadas pela Irmandade de Madalena; Blind Spot: Hitler´s Secretary, de André Heller e Othmar Schmiderer, com a única entrevista de Traudi Junge, a secretária de Adolf Hitler, que morreu logodepois das filmagens; e Auto Focus, de Paul Shrader, sobre avida de Bob Crane, que estrelou a sitcom americana Hogan´sHeroes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.