Luke MacGregor/Reuters
Luke MacGregor/Reuters

Festival de Glastonbury faz 40 anos no fim de semana

O grupo britânico virtual Gorillaz abre o evento que tem Shakira como convidada especial

24 de junho de 2010 | 15h54

LONDRES - O Festival de Glastonbury no sul da Inglaterra deve receber mais de 170 mil pessoas neste fim de semana em que completa 40 anos de existência. A atração principal é o grupo virtual britânico Gorillaz e a convidada especial, a cantora colombiana Shakira, segundo a France Press.

 

O evento atrai músicos famosos do planeta e serve de plataforma para artistas desconhecidos do underground. Uma boa apresentação pode catapultar uma banda ao estrelado, como ocorreu com as lendárias atuações do Radiohead em 1997, do Coldplay em 2002 e do Muse em 2004..

 

O show de abertura seria feito pelo U2, mas Bono teve de passar por uma cirurgia na coluna e o grupo foi substituído pela banda virtual britânica Gorillaz, do ex-líder do Blur, Damon Albarn.

 

O fundador do Glastonbury, Michael Eavis, de 74 anos, que recebeu a visita do Príncipe Charles, e reuniu para esta edição de aniversário os roqueiros britânicos Muse, o soul de Stevie Wonder, o rapper Snoop Dog, o veterano da música country Willie Nelson, e a cantora colombiana Shakira.

 

O festival que ocupa os 360 hectares da granja de Eavis, terá ainda o australiano Rolf Harris, o nigeriano Femi Kuti e os veteranos do reggae Toots e The Maytals.

 

As previsões meteorológicas indicam um fim de semana de sol, para variar. Em anos anteriores o aguaceiro da época nunca impediu a festa que foi criada no dia seguinte morte de Jimi Hendrix em 1979.

Tudo o que sabemos sobre:
Festival de Glastonbury

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.