Festival de Curtas chega aos 25 anos e presta homenagem a Cortázar

Um dos cinco maiores do mundo, evento será realizado de 20 a 31 de agosto e vai exibir cerca de 400 filmes de diversos países

Flavia Guerra, O Estado de S.Paulo

08 de julho de 2014 | 08h42

Em 2014, o  Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo completa  25 anos e traz atrações especiais para essa edição, que ocorre de 20 a 31 de agosto. Com o tema Quebrando Muros, celebra os 25 anos da queda do Muro de Berlim, ocorrida em 1989, e de outras inúmeras barreiras que caíram por terra na era da revolução nas comunicações.

Um dos cinco maiores do gênero no mundo, o evento dirigido por Zita Carvalhosa e organizado pela Associação Cultural Kinoforum vai exibir gratuitamente cerca de 400 filmes - selecionados entre mais de 3.300 inscritos - de dezenas de países em diversas salas de cinema e centros culturais da Capital, tais como Museu da Imagem e do Som (MIS), Cinemateca Brasileira, CineSesc,  Espaço Itaú de Cinema - Augusta, Centro Cultural São Paulo (CCSP), Cine Olido, Cinusp, além de CEUs e outros espaços do Circuito Municipal de Cultura.

Entre os destaques desta edição está o programa 100 anos de Cortázar, com filmes inspirados na obra do escritor argentino Julio Cortázar (1914 - 1984). Há também o  Especial 3D, com apresentação de curtas em 3D e a participação da realizadora e consultora de 3D Josephine Derobe ( responsável pelos efeitos especiais de Pina, de Wim Wenders, entre outros ); uma prospectiva do cineasta brasileiro Joel Pizzini, incluindo seu novo curta Mar de Fogo; e uma mostra da University of Southern California, com curtas de faculdade de grandes nomes de Hollywood que passaram pela instituição, como George Lucas.

Outro destaque da programação é a  segunda edição do projeto Tomada Única, com curtas em Super-8 inéditos, realizados especialmente para o evento por diretores brasileiros que deixaram sua marca nesses 25 anos do festival.

Em setembro, durante a programação itinerante, o festival percorre as cidades de Ribeirão Preto, São José dos Campos e Jundiaí, no interior de São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.