Festival de Curtas bate recorde de público

O Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo encerrou sua 16.ª edição com recorde de público: 27 mil pessoas, que escolheram seus preferidos entre os 430 filmes de 55 países. Os dez favoritos do público foram divulgados no sábado, durante a cerimônia de encerramento do festival, no MIS. A lista inclui Alô Tocayo, de Renato Martins e Lula Carvalho; Descobrindo Waltel, de Alessandro Gamo, Deu no Jornal, de Yanko Del Pino, Eletrodoméstica, de Kleber Mendonça Filho, Entre Paredes, de Eric Laurence, Historietas Assombradas, de Victor Hugo Borges, Mestre Humberto, de Rodrigo Savastano, O Dia em que o Bambu Quebrou no Meio, de Arthur Muhlenberg e Pedro Asbeg e Soberano, de Kiko Mollica e Ana Paula Orlandi. Outro destaque foi o Prêmio Revelação para Dalva, de Caroline Leone.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.