ANSA
ANSA

Festival de Cinema de Veneza terá segurança especial contra terrorismo

A criação de uma nova área de vigilância ampliada contará com detectores de metais e um forte efetivo policial

Ansa

23 Agosto 2017 | 11h56

Os organizadores da 74ª edição do Festival Internacional de Cinema de Veneza anunciaram nesta quarta-feira (23) que o evento terá medidas de segurança especiais com foco no antiterrorismo.

Em uma reunião entre a organização e o Comitê Provincial para a Ordem e Segurança Pública da Prefeitura de Veneza, ficou definido que serão ampliadas as zonas de "filtragem" das pessoas e dos veículos que circulam próximo à sede do evento e que haverá a instalação de barreiras fixas e móveis em locais sensíveis.

A criação de uma nova área de vigilância ampliada contará com detectores de metais e um forte efetivo policial. Além disso, serão instaladas novas câmeras de vigilância em áreas que não contam com a atual cobertura da Prefeitura e que serão monitoradas por agentes durante 24 horas.

Também ficou definido que será criada uma Central de Operações, que deve continuar após o Festival, que contará com um agente representante de cada uma das forças de polícia da Itália e de um técnico da área de telecomunicações para garantir o apoio em caso de necessidade de ação rápida.

Entre os dias 30 de agosto e 9 de setembro, quando a Mostra ocorre de fato, o acesso à ilha de Lido será permitido apenas às pessoas e aos carros previamente cadastrados. Já ao longo da Ponte della Libertà, que liga Veneza ao continente, serão ativados controles de velocidade para os veículos e um blindado militar ajudará no controle ao fluxo de carros.

O Comitê ainda definiu que serão controlados de "maneira mais específica" a estação ferroviária Veneza-Mestre, a aproximação marítima a Veneza e os aeroportos Marco Polo e Nicelli. (ANSA)

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.