Festival de cinema de Roma homenageará Brasil

Evento planeja show de Marisa Monte e exposições além de exibição de filmes.

Valquíria Rey, BBC

08 de janeiro de 2011 | 16h35

O Brasil será o grande homenageado da terceira edição da Festa do Cinema de Roma.Filmes, músicas, mostras e discussões sobre o país serão reunidos na Focus sul Brasile. "Em abril, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva estará em Roma para apresentar o evento", anunciou Goffredo Bettini, presidente da Fundação Cinema para Roma. "Pensamos em abrir a terceira edição da festa na Piazza del Popolo com um show de Marisa Monte."Segundo Bettini, o festival será realizado entre os dias 2 e 11 de outubro, bem mais cedo que as edições anteriores, mas ainda sem coincidir com a Mostra de Cinema de Veneza.Do centro aos subúrbiosCom caráter distinto da mostra veneziana - apesar de também ter sua faceta competitiva -, o evento romano se destaca por apresentar projeções de filmes e eventos em várias partes da cidade, desde o privilegiado centro histórico, o Auditorium, desenhado pelo arquiteto Renzo Piano, até os subúrbios mais marginais da capital italiana.Segundo os organizadores do encontro da cinematografia mundial, que conta com total apoio do prefeito Walter Veltroni, o objetivo é promover o entrosamento entre toda a cidade e o mundo do cinema."O Brasil foi escolhido devido a sua tradição popular sempre presente no imaginário coletivo", disse à BBC Brasil Gaia Morrione, diretora da Focus sul Brasile. "É um país muito importante culturalmente, em função da sua diversidade, criatividade e contemporaneidade."ApoioDe acordo com Gaia, a Focus sul Brasile terá co-produção do governo brasileiro, através do Ministério da Cultura. Alguns contatos já foram realizados e agora falta fazer o projeto do evento, formalizar os convites e fechar os contratos."Queremos fazer uma retrospectiva de filmes brasileiros, mostras de artes plásticas, eventos literários, alguma coisa na área de arquitetura", afirmou. "Estamos muito interessados na nova cena cinematográfica pernambucana e pensamos num encontro entre os arquitetos Oscar Niemeyer e Renzo Piano, responsável pela construção do Auditorium de Roma."Segundo Gaia, o produtor e músico Arto Lindsay é o consultor da parte brasileira da Festa do Cinema de Roma. Já o diretor Hector Babenco, que participou com o filme O Passado na edição 2007, também deverá ser convidado para colaborar na seleção da Focus sul Brasile.Além da parte brasileira, o evento também dedicará uma jornada à cinematografia do Tibet. "Uma homenagem a uma cultura grande e sofrida", assinalou Bettini. "O Dalai Lama ficou entusiasmado com a idéia e garantiu sua presença em Roma." Na edição do ano passado, foram apresentados 167 filmes, entre longas-metragens, documentários e curtas. As madrinhas da festa foram duas atrizes italianas: Sophia Loren e Monica Bellucci.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
festivalromafilmeshomenagembrasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.