REUTERS/Stringer
REUTERS/Stringer

Festival de Cinema de Havana adia competição por pandemia

Cuba enfrenta um segundo surto da epidemia e o governo implementou medidas para prevenir a propagação do vírus

Agências, AFP

09 de fevereiro de 2021 | 13h58

HAVANA, CUBA - O Festival de Cinema de Havana adiou sua fase competitiva, marcada para 11 a 21 de março, devido ao aumento de casos de covid-19, até que "sejam criadas as condições", informaram seus organizadores nesta terça-feira.

"A direção do evento decidiu adiar a realização da segunda fase da sua 42ª edição até que sejam criadas as condições para garantir o seu sucesso", afirma seu site.

A nova data será informada em breve.

O festival, que acontece em dezembro há 41 anos, foi planejado em duas fases em sua 42ª edição devido à pandemia.



A primeira fase foi realizada de 3 a 13 de dezembro, onde foram exibidos 92 filmes, todos fora da competição. Nessa fase, os cinemas mantinham rígidas medidas sanitárias com capacidade de 30% e obrigatoriedade do uso de máscaras.

Foi realizado em um momento em que a ilha estava com a pandemia sob controle e as restrições começavam a ser relaxadas. 

Mas agora Cuba enfrenta um segundo surto da epidemia e o governo implementou medidas para prevenir a propagação do vírus.

Até segunda-feira, Cuba registrava 33.484 casos da doença, com 240 mortes e 27.594 curados. 

Normalmente, o festival atrai em média 300 mil pessoas que lotam as ruas de Havana, e alguns reservam férias não só para os filmes em competições, mas também para a exibição de várias centenas de filmes. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.