Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
REUTERS/Eric Gaillard
REUTERS/Eric Gaillard

Festival de Cinema de Cannes anuncia sua seleção oficial na quinta-feira

Evento, presidido por Spike Lee, acontece em julho e será presencial

AFP, O Estado de S.Paulo

01 de junho de 2021 | 07h31

O Festival de Cannes prepara seu retorno em julho e, nesta quinta-feira, 3, anuncia os filmes que disputam a Palma de Ouro, relançando com pompa as estreias de grandes diretores, depois que a pandemia confinou o cinema à telinha.

Até o momento, três dos filmes da seleção oficial foram anunciados, incluindo os últimos trabalhos do americano Wes Anderson e do holandês Paul Verhoeven, e as previsões apontam para nomes como Nanni Moretti, Jane Campion e Joel Coen. O júri será presidido pelo cineasta americano Spike Lee, o primeiro afro-americano a assumir esse papel.

A maior competição de cinema do mundo foi cancelada no ano passado devido à crise de saúde e esta edição será realizada entre os dias 6 e 17 de julho, dois meses após as datas habituais.

Entre os principais festivais, apenas a Mostra de Veneza pôde ser realizada após o início da pandemia, sob estritas condições sanitárias.

Em Cannes, embora seja esperada apenas metade dos 40 mil participantes diários que o festival costuma atrair, não está prevista nenhuma limitação de capacidade nas salas. Em vez disso, será necessário um "passe sanitário" (comprovante de vacinação ou teste PCR negativo).

No entanto, os organizadores ainda não confirmaram a presença de estrelas e definiram as condições sanitárias, por exemplo no tapete vermelho e nas tradicionais festas paralelas.

E o conjunto de medidas dependerá também da evolução dos dados epidemiológicos da França, que nas últimas semanas começou a retirar gradativamente as restrições sanitárias.

O Festival será aberto com Annette, do francês Leos Carax (Os Amantes da Pont Neuf) e estrelada por Adam Driver e Marion Cotillard, que interpretam um casal de estrelas glamouroso cuja vida muda com a chegada de sua primeira filha.

Paul Verhoeven (Instinto Básico, Elle) vai competir por sua parte com o filme Benedetta, retrato de uma freira homossexual ambientado no século 15 e baseado em fatos reais.

Wes Anderson (O Grande Hotel Budapeste) estará presente com The French Chronicle, filmado no sudoeste da França e estrelado por Bill Murray, Tilda Swinton, Timothée Chalamet e Adrien Brody.

O resto dos filmes em disputa para suceder o multipremiado Parasitas do sul-coreano Bong Joon-ho será anunciado na quinta-feira durante a tradicional coletiva de imprensa na Champs Elysées em Paris.

Pelas apostas, o italiano Nanni Moretti, Palma de Ouro em 2001 por O Quarto do Filho, poderia retornar a Cannes com Tre Piani, assim como Joel Coen, o mais velho dos irmãos Coen, com Macbeth, filmado em preto e branco  e estrelado por Denzel Washington. Jane Campion (O Piano), única mulher a receber o maior prêmio em Cannes, também está na previsão, com The Power of the Dog.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.