Michele Tantussi/Reuters
Michele Tantussi/Reuters

Festival de Cinema de Berlim extingue prêmios divididos por gênero

As categorias de melhor atriz e melhor ator, que recebem o Urso de Prata, serão extintas a partir de 2021

Redação, Ansa

25 de agosto de 2020 | 14h56

Os organizadores do Festival Internacional de Cinema de Berlim, na Alemanha, anunciaram nesta segunda-feira, 24, que o evento não terá mais distinção de gênero nos prêmios de atuação.   

Com a decisão, as categorias de melhor atriz e melhor ator do festival, que recebem o Urso de Prata, serão extintas a partir da edição de 2021. No lugar delas, os artistas vão concorrer aos prêmios de melhor performance principal e melhor performance coadjuvante.   

“Nós acreditamos que não separar mais os prêmios de atuação por gênero é um sinal para desenvolvermos uma consciência mais sensível na indústria do cinema”, explicaram Mariette Rissenbeek e Carlo Chatrian, diretores do festival, em um comunicado.   

O evento está marcado para acontecer em formato físico entre os dias 11 e 21 de fevereiro de 2021. De acordo com a produção, o festival seguirá as medidas de saúde para proteger os convidados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.