Festival de Cannes cassa um leão brasileiro

A direção do Festival Internacional de Publicidade de Cannes decidiu acatar pedido da Giovanni, FCB e cassou o leão concedido à agência na categoria Press (Impresso). O anúncio vencedor foi criado por ex-diretores da agência que abriram a Santa Clara e conquistaram contas importantes como a Intelig, que a Giovanni, FCB perdeu.A agência, no entanto, alega que seu pedido de cassação de leão se deve à ética e acusou a peça de ser fantasma. Em 2002, no entanto, a mesma Giovanni, FCB trouxe a Cannes uma campanha criada para a organização Médicos Sem Fronteira, que não tinha autorização da ONG que solicitou ao jornal O Estado de S. Paulo, representante oficial do Festival de Cannes no País, que retirasse a peça do short list de Cannes. A campanha "bandeira" foi retirada e a Giovanni perdeu os pontos que tinha no short list. Agora, a agência parece ter mudado. A conferir nos próximos festivais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.