Divulgação
Divulgação

Festival de Brasília de 2015 divulga programação

Selecionados para competição incluem novos longas de Claudio Assis e Cristiano Burlan

Juliana Domingos de Lima, Especial para O Estado de S. Paulo

26 de agosto de 2015 | 20h30

Atualizada às 17h45

Realizada entre 15 e 22 de setembro, a 48ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro já tem disponível em seu site a seleção de filmes deste ano com as respectivas datas de exibição. 

A mostra competitiva de 2015 apresenta cinco longas de ficção e o documentário Santoro - Um Homem e Sua Música, sobre o maestro, músico e compositor Claudio Santoro, considerado um dos mais importantes músicos eruditos do Brasil. Entre os outros cinco candidatos à premiação, estão Para Minha Amada Morta, do diretor baiano Aly Muritiba, cujo roteiro (também do diretor) foi ganhador do prêmio Global Filmmaking no Festival Sundance de 2013; Big Jato, do pernambucano Claudio Assis, que levou o prêmio de melhor filme e prêmio dos críticos  de edições precedentes por Amarelo Manga (2003) e Baixio das Bestas (2006) e Fome, de Cristiano Burlan, diretor do documentário Mataram Meu Irmão.

No dia 15, a abertura celebra o cineasta Vladimir Carvalho com a exibição para convidados de Um Filme de Cinema, longa-metragem fora da competição. Em 1962, o documentarista foi assistente de produção de Eduardo Coutinho na ‘primeira fase’ de Cabra Marcado Para Morrer e premiado no Festival de Paulínia em 2011 por seu Rock Brasilia: Era de Ouro.  

Além da exibição dos filmes que disputam os prêmios do festival deste ano, a programação possui outras frentes, com mostras paralelas e atividades de formação. Serão promovidos debates com as equipes dos filmes da competição, oficinas e seminários abertos ao público. As exibições paralelas estão distribuídas nas mostras Panorama Brasil, Continente Compartilhado, Mostra Brasília – Troféu Câmara Legislativa do DF e incluem ainda uma programação infantil, a cargo do Festivalzinho, mostra de curtas em parceria com a Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis.

Em 2014, o principal prêmio do festival foi para Branco Sai, Preto Fica, de Adirley Queirós, e os diretores dos longas decidiram dividir o prêmio, no valor de R$ 250 mil, entre todos os concorrentes. 

48º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro

De 15 a 22 de setembro

http://festbrasilia.com.br/

INGRESSOS

Cine Brasília - mostras competitivas (6 e 12 reais)

Cine Cultura Liberty Mall (6 e 12 reais)

entrada franca, mediante retirada de ingresso:

Cine Brasília - Mostra Brasília Troféu Câmara Legislativa do DF

entrada franca: Teatro Newton Rossi (Sesc Ceilândia), Teatro Paulo Autran (Sesc Taguatinga), Teatro Paulo Gracindo (Sesc Gama)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.