Hannibal Hanschke/AFP
Hannibal Hanschke/AFP

Festival de Berlim terá exibições ao ar livre para pessoas vacinadas ou com teste negativo de covid

Decisão foi motivada pela diminuição das taxas de contaminação pelo coronavírus na capital alemã

Redação, O Estado de S. Paulo

10 de maio de 2021 | 11h56

Os organizadores do Festival de Cinema de Berlim, a Berlinale, anunciaram na segunda-feira, 10, que manterão seu plano de realizar projeções ao ar livre e abertos ao público em junho, graças à melhor situação da saúde na Alemanha.

Pela primeira vez, e por causa da pandemia, o festival de cinema criado em 1951, um dos três principais da Europa junto com Cannes e Veneza, será realizado em duas partes.

A primeira foi a competição online no início de março, que concedeu o maior prêmio, o Urso de Ouro, a Bad Luck Banging and Looney Porn, do diretor romeno Radu Jude, uma crítica à hipocrisia.

“A diminuição das taxas de incidência em Berlim e o sinal das autoridades locais para acompanhar positivamente o pedido de um projeto-piloto com testes obrigatórios reforçaram a gestão do festival na sua decisão de um evento puramente outdoor”, anunciou a Berlinale, em comunicado.

A taxa de incidência de sete dias na capital alemã está atualmente em cerca de 100.

Os espectadores que desejarem comparecer a essas projeções, agendadas de 9 a 20 de junho em 16 locais da cidade, devem respeitar um protocolo sanitário rígido, com teste negativo ou vacinação completa.

A cerimônia oficial de premiação com os vencedores já divulgados em março está marcada para o dia 13 de junho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.